Como se preparar para o armazém do futuro? Conheça o Highjump!

O armazém do futuro vai revolucionar as operações de armazenagem, levando mais  inteligência para o setor logístico. A grande verdade é que as empresas precisam se preparar o quanto antes para essa mudança, sob o risco de perderem eficiência para os concorrentes.

A melhor maneira de iniciar esse processo é com o uso de um sistema WMS Highjump. A solução tem tecnologia de ponta que se adapta ao crescimento do negócio. E aí, quer começar a levar a tecnologia do armazém do futuro para a sua empresa? Confira os exemplos a seguir!

#COMO O HIGHJUMP PODE LEVAR A EMPRESA PARA O FUTURO?

O sistema WMS (Warehouse Management System) tem o papel de aperfeiçoar as operações de armazenagem e centros de distribuição. Uma de suas principais características é a flexibilidade, que permite mudanças no software para acompanhar a evolução da companhia.

Outra característica desta ferramenta é a sua capacidade de integração com outras soluções do CD, como ERPs (Enterprise Resource Planning) e sistemas de automação. Fator fundamental para o armazém do futuro, que terá conectividade entre plataformas para gerar mais produtividade nos processos.

COMPANHIAS INVESTEM NO ARMAZÉM DO FUTURO

A Wine, maior loja de vinhos online da América Latina, já iniciou o processo de automação nas operações de armazenagem. As estratégias desenvolvidas na gestão logística permitem uma entrega rápida aos clientes, com toda a segurança necessária para garantir eficiência no transporte dos vinhos.

A Wine investiu em tecnologia para alcançar o sucesso e comercializar mais de 2,5 milhões de garrafas em um ano. O site da empresa facilita a busca de vinhos de acordo com preço, tipo de uva e localização. E o sistema WMS facilitou o processo de gestão logística e entrega rápida das mercadorias.

Essa inovação permite que a companhia atinja sua meta de transportar vinhos com segurança e entregá-los em um prazo máximo de três dias úteis.

A Ambev, companhia que reúne mais de 100 rótulos de cervejas, também conseguiu impulsionar o negócio com a tecnologia. Os gestores da empresa compreenderam que era necessário levar inteligência para as operações de armazenagem.

Por isso, investiram no sistema Highjump para promover o crescimento de forma sustentável, com redução de custos e manutenção da qualidade. A companhia entendeu que a união de profissionais qualificados e tecnologia seria o caminho ideal para alcançar o armazém do futuro.

#QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DO SISTEMA PARA AS OPERAÇÕES DE ARMAZENAGEM?

A plataforma permite a configuração de suas funcionalidades de acordo com as necessidades do armazém. A empresa pode organizar as tarefas e direcioná-las para cada operador conforme as prioridades do momento e os critérios considerados mais importantes, sejam eles a proximidade do local de entrega ou prazo.

Outra característica importante é a capacidade de otimizar o espaço do armazém. O sistema permite a configuração de regras de armazenagem e separação de itens, o que leva mais produtividade para a gestão logística. Afinal, com essa organização fica muito mais fácil encontrar a mercadoria que você precisa enviar ao cliente.

LOJAS RENNER CONSEGUE ATENDER MELHOR AS REGULAMENTAÇÕES

As Lojas Renner, uma das maiores redes de lojas varejistas no país, está sempre em busca de soluções inovadoras para atender o mercado consumidor. Ela tinha como principal desafio se transformar em um modelo de referência na movimentação de materiais, como roupas e acessórios, na América Latina. Por isso, precisou investir em um sistema WMS a fim de atender a demanda do presente e do futuro.

A sua escolha pelo software teve como objetivo melhorar as operações no armazém, com mais produtividade operacional. Um grande benefício da plataforma para a empresa é a capacidade de cumprir com as regulamentações governamentais e industriais. O sistema se integra às demais ferramentas da companhia para levar automação ao gerenciamento logístico e garantir o estoque necessário nas lojas.

MITSUBISHI GANHA ACURACIDADE NO ESTOQUE

A empresa tem características diferenciadas por estar inserida no mercado automotivo. Para atender a essa demanda específica, foi necessário realizar uma leitura de toda a cadeia produtiva para personalizar o Highjump ao processo logístico da Mitsubishi.

A companhia tinha um grande desafio: manter um controle rígido do estoque de três armazéns (fábricas de motores, carros e chassis). Esse acompanhamento do processo deveria gerar a redução de custo, pois uma linha de produção parada gera muitas perdas para o negócio.  

Um diferencial para essa companhia, por exemplo, foi a inserção da metodologia Kanban no sistema para dar início às tarefas de abastecimento de estoque. A união de esforços e ferramentas proporcionou uma visão mais detalhada das operações, o que facilitou a entrega dos veículos dentro do prazo.

MK PERSONALIZA ATENDIMENTO A GRANDES LOJAS E CONSTRUTORAS

A MK, empresa chilena de design e decoração, atende diversas lojas e construtoras. O principal desafio era garantir revestimentos de tonalidade igual em um mesmo ambiente. Com a implantação do sistema, foi possível realizar a configuração do lote para evitar entregas de itens com tonalidades diferentes para um mesmo cliente, personalizando os envios.

Com isso, a MK conseguiu levar mais assertividade para suas operações logísticas e garantir a satisfação do consumidor. Como você pode notar, o software diminui os erros no supply chain e leva inteligência para o armazém.

Consequentemente, a tecnologia Highjump contribui para a companhia oferecer um atendimento melhor ao cliente. Aspecto percebido na qualidade dos produtos, agilidade na entrega e diminuição de erros no processo.

Diante de tudo isso, você vai investir em uma solução inteligente para levar a sua empresa para o futuro? Fale com um de nossos consultores e solicite uma demonstração gratuita!

> Deixe seu comentário

Entre em contato
+55 47 3036 7800 (SC)
+55 11 3027 4197 (SP)
+56 2 2840 5916 (CHILE)
otimis@otimis.com

Newsletter

Gostaria de receber nossas novidades no seu email?