Sistema WMS: saiba como evitar problemas na integração!

Você precisa levar inovação na gestão de logística, mas não sabe por onde começar? O uso de um sistema WMS integrado aos demais softwares da empresa auxilia você a organizar o armazém e aumentar a produtividade da equipe.

Porém, se você errar na escolha pode ficar com um sistema parado ou ineficiente, pois nem todas as ferramentas fazem uma integração adequada às demais plataformas.  Saiba o que avaliar para optar pela solução certa para a empresa!

O QUE É A INTEGRAÇÃO DE SISTEMA NA GESTÃO DE LOGÍSTICA?

Ela se baseia na união de diversas ferramentas para permitir a troca de dados e avaliação de processos da empresa. Ao utilizar um software capaz de coletar informações de outras ferramentas, como um sistema ERP (Enterprise Resource Planning), a organização pode aperfeiçoar a gestão de logística.

Por exemplo: é muito difícil manter uma comunicação ativa entre o setor fiscal da companhia e a equipe logística. Porém, com um sistema WMS integrado ao ERP você não tem mais esse tipo de problema. O software coleta dados das notas fiscais de compra e venda, por exemplo, para levar ao gestor o conhecimento necessário sobre os itens em estoque e os produtos vendidos.

Dessa maneira, você organiza melhor o armazém e programa a cadeia logística, pois sabe quanta matéria-prima tem em estoque. Isso também favorece o cumprimento de prazos nos pedidos, pois você pode programar a entrega baseado nessas informações. Se não há itens no estoque, por exemplo, você precisa reprogramar os prazos de entrega.

Como você pode perceber, a integração se baseia no compartilhamento de banco de dados para maximizar as vantagens de cada software. Um obstáculo que costuma surgir nesse tipo de situação é quando o sistema WMS não está preparado para lidar com o código-fonte da outra plataforma. Em outros casos, há dificuldades em adequar as informações originadas nos módulos do ERP.

POR QUE SE PREOCUPAR COM A INTEGRAÇÃO DO SISTEMA WMS?

Uma solução WMS só funciona bem quando integra 100% às demais ferramentas. Sendo assim, a plataforma precisa ser moderna e flexível para facilitar as operações logísticas.

Muitos softwares tradicionais não conseguem se adaptar a todos os sistemas do mercado, limitando-se aos principais modelos utilizados. Assim, se a empresa adquire a solução sem consultar o fornecedor, por exemplo, pode ficar com uma ferramenta que traz um desafio, ao invés de uma solução.

E não é possível trocar todas as plataformas da organização apenas para aperfeiçoar o processo logístico, certo? Isso poderia prejudicar as demais atividades relacionadas ao atendimento de clientes, à contabilidade e à gestão.

Contudo, você pode buscar um sistema WMS moderno e flexível e que se adapte a  outros softwares do mercado.

O software WMS precisa apresentar múltiplos padrões de integração para conseguir integrar informações. Então, confira algumas dicas para você não errar na hora da escolha:

  • Faça uma pesquisa sobre os principais players do mercado;
  • Converse com empresas que já utilizam a ferramenta;
  • Verifique se o software WMS integra corretamente às demais ferramentas utilizadas na companhia.

Pronto! Agora você já sabe que precisa ficar atento à capacidade de integração do software antes de escolher um parceiro. O que acha de começar as suas pesquisas para definir a solução mais adequada para a empresa?

Aproveite para entender também como a inovação contínua é possível no sistema de logística!

> Deixe seu comentário

Entre em contato
+55 47 3036 7800 (SC)
+55 11 3027 4197 (SP)
+56 2 2840 5916 (CHILE)
otimis@otimis.com

Newsletter

Gostaria de receber nossas novidades no seu email?