Quais são os maiores desafios do setor logístico hoje?

O comércio tem crescido a uma taxa anual de 1,8% , segundo a Organização Mundial do Comércio (OMC). E empresas de todos os tamanhos enfrentam diariamente inúmeros desafios logísticos. Planejamento de carga, controle e gerenciamento da demanda e do armazenamento de materiais e serviços são alguns deles.

A logística é uma área de gestão complexa que envolve toda a cadeia de  suprimentos, incluindo planejamento de armazenagem, circulação e distribuição de produtos. A responsabilidade da logística é cuidar da coordenação do fluxo de informação para atender às demandas e manter o movimento organizado dentro do armazém. A área tem sido o foco de inovação, principalmente no segmento de tecnologia que é fundamental para a eficiência da cadeia de suprimentos.

Captar o papel da cadeia de suprimentos na organização pode ser um desafio, mesmo para os profissionais de logística, que precisam reconhecer que o departamento é parte de uma visão mais ampla da gestão. O gestor precisa manter visíveis as operações dentro de suas empresas e garantir que a logística não seja tratada como uma função isolada. Além disso, ele ainda enfrenta 5 desafios que hoje assombram o setor logístico.

Confira quais são eles:  

# Infraestrutura deficitária

Dentre todos os modais logísticos, o rodoviário é de longe o mais utilizado no Brasil, e mesmo este ainda carece de uma infraestrutura apropriada. O país conta com aproximadamente 1.700.000 quilômetros de rodovias, das quais apenas 12,2% são pavimentadas.

 Além disso, para um país com dimensões continentais como o Brasil e com uma bacia hidrográfica rica, fazemos muito pouco proveito dos transportes fluviais e ferroviários pela falta de infraestrutura.

# Limitação do conhecimento técnico

É cada vez mais difícil encontrar talentos qualificados e interessados. Na logística este desafio é ainda maior, pois apenas mais atualmente ela passou a ser vista como área específica de estudo. Os profissionais de logística precisam de uma ampla compreensão das principais competências. Além disso, precisam saber dos deveres necessários para as funções de gerenciamento da cadeia de suprimentos e da capacidade de gerar com eficiência conjuntos de habilidades e métodos específicos.

O gerente de logística cumpre funções que oferecem uma multiplicidade de atividade. No entanto, há uma dificuldade por parte destes profissionais, a de ter o conhecimento necessário para exercer mais do que lhe é proposto, já que o leque de competências operacionais é amplo.

# Sistema tributário brasileiro

Imagine se sua empresa está trabalhando em um projeto de localização de armazém, de acordo com o entendimento legal, sobre um determinado benefício e, de repente, o governo modifica as leis e passa a ter outras exigências. Em poucas horas, seu projeto vai por água abaixo e torna-se algo desnecessário.

O conjunto de regras tributárias no país é complexa e, por isso, torna-se um obstáculo. Diariamente, uma grande quantidade de leis, em âmbitos estaduais, municipais e federais, são homologadas.

O profissional de logística acaba tendo como obrigação acompanhar a velocidade com que essas regras são aprovadas e ter certeza de que a sua operação atende a todos os requisitos legais e tributários. Esse ciclo acaba sobrecarregando um setor cuja infraestrutura já é precária e prejudicando a eficiência operacional.

# Acompanhar as tendências do mercado

As tecnologias mudam, as tendências mudam e com isso os hábitos e as expectativas do consumidor mudam também. E quem atende o consumidor? Sim, a logística!

Acompanhar estas tendências como o Omnichannel requerem muito mais do que uma simples transformação nos processos. Requer mudanças culturais e funcionais em vários setores da empresa e, principalmente, requer uma estrutura de TI que suporte e reflita estas mudanças.

# TI como parte crítica do processo

É difícil acompanhar e estar atualizado dessas mudanças que acontecem no âmbito da Tecnologia da Informação, diante de tantas outras que ocorrem no mundo logístico. Hoje, a tendência é que tecnologia e logística experimentem a convergência dessas transformações.

A parte crítica desse processo está em compartilhar isso desde o mais alto cargo da área logística até o operacional. Quem faz essa ponte é o gerente de logística, peça fundamental no desafio de tornar a tecnologia uma aliada na gestão de armazéns e centros de distribuição.

Todos os desafios do gerente de logística, incluindo o gerenciamento da demanda, podem ser sanados com um sistema de gerenciamento adequado, possibilitando o acompanhamento às mudanças do sistema tributário, aplicação de novos recursos e a eliminação da ineficiência operacional.

O profissional responsável precisa saber escolher ferramentas automatizadas, que otimizem os processos e tornem o trabalho do colaborador mais simples e eficaz. Dessa forma, todos os 5 desafios podem ser driblados por um gerenciamento logístico eficaz!

> Deixe seu comentário

Entre em contato
+55 47 3036 7800 (SC)
+55 11 3027 4197 (SP)
+56 2 2840 5916 (CHILE)
otimis@otimis.com

Newsletter

Gostaria de receber nossas novidades no seu email?