Gestão logística, tecnologia e crescimento: entenda os conceitos

O setor logístico não é o core business da maioria das empresas. A parte mais importante do negócio pode ser a planta industrial, o varejo físico, as vendas online ou mesmo a importação de produtos. No entanto, você precisa enxergar a gestão logística como a sustentação de tudo, tal qual longas pernas que suportam todas as operações realizadas.

Vamos tomar como exemplo uma indústria de cosméticos naturais. O recebimento de insumos (muitos deles que precisam de cuidados como temperatura controlada), separação das matéria-primas para a fabricação até o armazenamento dos produtos finalizados.

Todo o bom andamento da linha de produção depende de processos logísticos.

Imagine se essa área não tem o total controle das últimas unidades no armazém de uma essência só encontrada no Canadá e gera falta no estoque? Ou erra o código de referência e repassa o pedido de um extrato cujo produto saiu recentemente de linha? Os resultados podem ser catastróficos para a produtividade e o bolso da empresa.   

Como você pôde perceber, a logística é realmente responsável pelo crescimento de um negócio. Ainda mais com a adoção de tecnologias que possibilitam tornar realidade o conceito de ARMAZÉM DO FUTURO.

Falta uma transição aqui.... Poderia falar algo sobre o Highjump.

O WMS Highjump é um exemplo de sistema que pode contribuir para os planos de modernização da infraestrutura logística do seu negócio. Seja ele a importação, a indústria, o e-commerce ou qualquer outro mercado que integre a cadeia de distribuição.

Veja a seguir como a tecnologia transforma o armazém.

A TECNOLOGIA COMO FATOR TRANSFORMADOR NO ARMAZÉM DO FUTURO
Empresas que investem em tecnologia para a gestão logística são capazes de aumentar sua receita em até 53%. Esse levantamento, realizado pela TNS Research, deixa claro que as companhias que buscam somente a sobrevivência acabam entrando em estagnação.

A utilização de um sistema WMS (Warehouse Management System) como o HighJump, disponibilizado no Brasil pela Otimis, é a saída para enfrentar dificuldades diárias como a ineficiência nos processos logísticos e pela falta de recursos eficientes.

Eles são justamente a base mais sólida para as operações da empresa e a ineficiência é causada, principalmente, pela ausência de sistematização que leva ao aperfeiçoamento das funções.

Essa era justamente a dificuldade da atacadista Etilux. A empresa enfrentava desafios em suas operações logísticas como a baixa precisão, indisponibilidade frequente no estoque e a falta de configuração de regras de ressuprimento automático, que refletia em prejuízos ao negócio.

A partir da implantação do WMS HighJump o resultado foi um inventário 100% rastreado e guiado pelo sistema. A configuração de regras de ressuprimento automático ao atingir níveis mínimos e a visibilidade total do estoque resultaram em um inventário confiável e disponível.

Quer conhecer todo o potencial de desenvolvimento que a logística pode proporcionar para sua companhia e conhecer outros casos de sucesso? Continue lendo o texto!

DIMINUIÇÃO NO TEMPO DE ENTREGA
Organizações competitivas primam pelo relacionamento com o cliente. Sabem que a flexibilidade e a agilidade são sinônimos de inovação e imprescindíveis para o sucesso.

Com as novas possibilidades tecnológicas na gestão logística é possível acompanhar o trajeto de um produto do estoque ao caminhão, permitindo a mobilidade tão sonhada.

Quando o Martins, maior atacadista da América Latina, decidiu buscar uma solução de WMS, a escolha foi o HighJump.

Após um projeto desafiador, em que as equipes do Martins e da Otimis trabalharam de forma colaborativa, o WMS está implantado e gerencia as operações nos oito Centros de Distribuição da empresa.

Hoje o HighJump suporta o crescimento da Martins e é uma ferramenta de gestão que faz com que problemas sejam evitados e situações adversas antecipadas, sem deixar que elas cheguem aos clientes da companhia.

Os resultados foram além dos esperados. A produção aumentou em cerca de 18% com a mesma quantidade de recursos. O tempo da entrega dos produtos diminuiu e os inventários, que antes demandavam um dia inteiro para serem realizados, agora são facilitados.  

 

AUTOMAÇÃO DO ARMAZÉM
Uma das características de um armazém do futuro é o controle total em tempo real: saber exatamente onde cada item está estocado e como ter acesso a eles. Mas, para isso, é necessário automatizar esse setor.

Ao combinar a tecnologia de frequência de rádio e código de barras com um sistema WMS a gestão logística pode ter dados em tempo real para ajudar a empresa a aumentar a produtividade, reduzir custos e aumentar a satisfação do cliente. Isso sem contar a facilidade de implantação de uma estratégia omni-channel na operação ao convergir de todos os canais utilizados.

As Lojas Renner, uma das maiores redes de lojas de departamentos de vestuários no Brasil utiliza o HighJump justamente com essas finalidades. Para que as lojas estejam sempre com o estoque necessário e manter o crescimento almejado pela empresa, o Centro de Distribuição (CD) do Rio de Janeiro tem um grau de automação inédito no Brasil no ramo de roupas e acessórios.

Sistemas automatizados como Hang Sorter e Bombay Sorter são parte desta instalação que, por sua vez, são gerenciados pelo Warehouse Advantage HighJump.



RASTREABILIDADE E VISIBILIDADE EM TEMPO REAL
Em quanto tempo você é capaz de receber a informação de que um produto entrou ou saiu do armazém? A rastreabilidade é outro fator de extrema importância para o crescimento da empresa, já que a falta dela impede que a gestão logística tenha conhecimento do ciclo do pedido, abalando a confiança do cliente final.

Já a falta de visibilidade pode dar abertura para grandes erros dentro do armazém. Quando não se pode ter um panorama de todas as operações é difícil saber se algo ficou para trás e se todos os procedimentos foram feitos de forma correta.

Para a Wine.com, maior e-commerce de vinhos da América Latina e o terceiro maior do mundo a rastreabilidade proporcionada pelo WMS HighJump faz toda a diferença.

Esse sistema é utilizado como alicerce da operação pela possibilidade de recebimento, picking, armazenagem e distribuição para todo o território nacional. Outros benefícios são a maior flexibilidade para assumir os desafios da empresa hoje e as rápidas customizações, já que a Otimis é capaz de entender rapidamente os processos e fazer as entregas desejadas.


Investir em tecnologia para a gestão logística é mais do que fundamental para o crescimento de um negócio. Ao adotar um sistema WMS como HighJump os processos da sua empresa se tornarão mais rápidos, enxutos e eficientes.

Faça como as empresas que citamos neste post. Deixe o HighJump transformar sua rotina para melhor, entre em contato agora mesmo!

> Deixe seu comentário

Entre em contato
+55 47 3036 7800 (SC)
+55 11 3027 4197 (SP)
+56 2 2840 5916 (CHILE)
otimis@otimis.com

Newsletter

Gostaria de receber nossas novidades no seu email?