Saiba o que sua empresa precisa para atender às demandas Omnichannel

Os tempos mudaram para as empresas que possuem loja física e e-commerce. Elas precisam se adaptar às novas propostas de negócios e estarem cientes de que existe uma infinidade de canais disponíveis. O consumidor agora é multicanal, e isso faz parte da demanda Omnichannel. Embora a maioria das grandes empresas compreendam a importância de usar vários canais de comunicação para atingir seu público, muitas marcas ainda lutam para enfrentar esse desafio.

 

No entanto, enquanto a ideia de multicanal refere-se à capacidade de interagir com potenciais clientes de diversos modos — como, por exemplo, um anúncio impresso, site ou evento promocional —, o Omnichannel é a evolução desse conceito. Essa prática nova diz respeito à abordagem de vendas, que fornece ao cliente uma experiência de compra integrada, passando por diversos canais até, oficialmente, efetivar a compra. Por definição, Omnichannel significa dar aos clientes a capacidade de comprar o que eles querem, onde e quando quiserem.

 

Mas, de que forma as empresas podem responder a essas demandas Omnichannel? Primeiro, as organizações devem concentrar seus esforços na construção de uma experiência consistente e fluida do cliente em todos os canais e dispositivos — isso quer dizer que o cliente precisa ter uma excelente experiência de compra, tanto na loja física quanto na online. Além disso, todo processo logístico deve assegurar que, aquilo que foi comprado atenda às expectativas, desde o processo de compra até a chegada na mão do cliente.

 

Quer saber se a sua empresa está preparada? Faça o checklist e avalie o potencial Omnichannel do seu negócio.

 

Flexível à mudança de comportamento

Em primeiro lugar, a interação entre loja física e virtual não pode ser barreira para atender às propostas do Omnichannel. Se o propósito é integrar diversos canais, a experiência do cliente precisa ser única e exclusiva, em todos eles. O primeiro passo é integrar as duas opções de compra, ou seja, o cliente pode comprar pela internet, mas trocar na loja física, sem grandes burocracias. Assim, ele vai se sentir em um único lugar.

Dessa forma, é necessário que a logística esteja alinhada tanto ao mundo virtual como físico, permitindo que os canais de vendas caminhem juntos. Para isso, a equipe precisa estar preparada para lidar com todas as possibilidades de venda, mantendo a melhor interação possível com o cliente. Afinal, todos querem fidelização, não é mesmo? Esse processo depende muito do investimento em tecnologia, que dará a base para toda estratégia de diversificação de meio de venda.

 

Entende o processo de pricing como fundamental ao marketing

O preço tem um impacto significativo no negócio, isso porque, o mundo de hoje é impulsionado pelo custo das coisas — nada mais, além disso, define de forma tão direta, um negócio e um produto. Pricing é um termo típico do marketing estadunidense, considerado o processo de colocar preços aos pedidos de vendas ou compras. Uma vez que o preço tem um impacto direto sobre a receita de uma empresa, definir corretamente esses valores é essencial para o sucesso da organização.

No entanto, muito além de lucro, a definição de preço do serviço é importante para o departamento de marketing, pois representa a avaliação dos profissionais, visando o valor que os clientes veem no produto ou serviço e estão dispostos a pagar por ele. Ou seja, é necessário aplicar uma política de preços justa e transparente e, mais do que isso, vender e negociar valor, como forma de tornar o processo de vendas mais fácil e flexível.

 


Atende aos desafios fiscais

Integrar o mundo físico e digital é um dos grandes desafios enfrentados pelo varejo e-commerce, afinal, há um cenário de burocracias que devem ser avaliadas e cumpridas, entre elas, as normas fiscais. A integração de diversos canais caminham juntos e possuem regularidades fiscais, assim como, apenas uma loja física. Portanto, a fiscalização deve ser avaliada quando se atende ao Omnichannel.

 

Possui base tecnológica

Um conjunto de sistemas é necessário para atender aos desafios atuais do varejo. Portanto, uma base sólida tecnológica é essencial para acompanhar as transformações do mercado. Isso quer dizer que, a empresa precisa ter um sistema de gerenciamento flexível e robusto, que acompanhe o crescimento da empresa, facilitando o processo operacional.

Um WMS (Sistema de Gerenciamento de Armazém) deve ser capaz de incorporar as ferramentas necessárias para atender à demanda multicanal e ainda, operacionalizar os procedimentos necessários do varejo.

 

Investe em sistema de In-store fulfilment

Uma ferramenta de in-store fulfillment pode suprir todas as necessidades de integração de canais, a fim de oferecer uma experiência única ao cliente. Assim, é possível obter também uma visibilidade acurada e em tempo real, do estoque da loja, com possibilidade de integração com o inventário do centro de distribuição, permitindo que o ressuprimento seja mais inteligente.

Uma empresa que possui um sistema de gerenciamento de armazéns flexível e com facilidade para integrar com outra solução omnichannel, trará ganhos para o negócio, considerando que eles conversam entre si e apliquem uma estratégia integrada. Nessa integração, a solução WMS gerencia efetivamente, o centro de distribuição, enquanto a solução omnichannel aplica as melhores práticas de gestão de armazéns nas lojas.

Dessa forma, fica muito mais fácil fazer a gestão e a logística, não é mesmo? Quer saber se a sua empresa está preparada? Faça o checklist e avalie o potencial omnichannel do seu negócio.

> Deixe seu comentário

Entre em contato
+55 47 3036 7800 (SC)
+55 11 3027 4197 (SP)
+56 2 2840 5916 (CHILE)
otimis@otimis.com

Newsletter

Gostaria de receber nossas novidades no seu email?