Escolheu errado o sistema WMS? Saiba qual o impacto financeiro para a sua empresa.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto de Logística e Supply Chain (Ilos), dentro das empresas, os gastos com logística representam 8,7% da receita líquida – isso quando considerado transporte, estoque e armazenagem.

Se, em um ambiente sadio, quase 10% da arrecadação pode ser empregada em logística, imagine o resultado em uma empresa que escolheu o sistema WMS (Warehouse Management System) errado. O impacto financeiro pode ser enorme.

E ele vai muito além da realização do investimento inicial. É possível citar o não cumprimento do ROI no tempo esperado, a impossibilidade de atingir os KPIs propostos e a falta de produtividade, além da perda financeira em função de problemas que podem ser enfrentados e muitas vezes não são resolvidos.

Quer conhecer quais outros prejuízos seu negócio pode ter? Continue lendo este texto!

QUAL O IMPACTO FINANCEIRO DE ADOTAR UM SISTEMA WMS ERRADO PARA SUA OPERAÇÃO?
Não pense apenas no prejuízo financeiro de comprar um sistema WMS errado. O custo da manutenção do software também deve ser levado em consideração. Ao mencionar a despesa para manter o software rodando, outras tantas vêm à tona para compor a conta desses gastos. Os outros custos que podem ser incluídos são estes:

1 - Indisponibilidade do software
Um estudo feito pela Veeam Software com gestores de TI de 24 países, apurou que o prejuízo com a indisponibilidade de software é de US$ 16 milhões por ano. Na prática, ter um sistema que fica “fora do ar” é como dirigir na estrada em um dia de forte neblina: fica difícil seguir o caminho e o perigo de um acidente é grande. No seu armazém, sua ausência vai afetar a produtividade e impedir a execução da maioria dos serviços. 

2- Atualização tecnológica
A falta de atualização da aplicação escolhida é outro fator que gera prejuízo financeiro. Além de ficar vulnerável à ataques, o sistema que não fornece atualização não é capaz de resolver os problemas que surgem no cotidiano, além de atrapalhar o crescimento da empresa.

3- Adição de novas funcionalidades
Esse é outro problema que geralmente vem atrelado à dificuldade de realizar a atualização tecnológica. Além de não conseguir fazer updates, o software não oferece a possibilidade de acrescentar novas funcionalidade e aplicações, sem alterar o código fonte, que possam ajudar a empresa a ter novas oportunidades de negócios e mercado.

4- Novas interfaces com outros sistemas
Mais um ponto importante. A tecnologia está se desenvolvendo e, todos os dias, nascem novos conceitos e softwares que tornam a gestão do armazém mais simples. Ao ter em casa um sistema WMS que não possibilita a integração com outras aplicações, sua empresa não terá acesso à evolução que a levará a se diferenciar dos competidores.

5- KPIs
Os KPIs são métricas que analisam o desempenho de uma empresa e garantem que as metas e objetivos estratégicos sejam definidos e aferidos. Como seu sistema WMS não é capaz de medi-los em tempo real, você e os outros executivos não terão um raio-x da gestão logística, atrapalhando o desenvolvimento da companhia.

 

Todos os motivos acima podem representar uma conta muito maior do que a prevista inicialmente ao escolher um WMS errado. E, no final, o sistema ficará tão caro que será menos custoso trocá-lo por um outro mais funcional, que seja capaz de medir os KPIs, garantindo o ROI. Ele precisa ter a capacidade de crescer no mesmo ritmo da empresa.

 

QUAIS CARACTERÍSTICAS UM SISTEMA WMS IDEAL DEVE TER? 

  • Um sistema robusto de WMS disponibiliza mais flexibilidade ao oferecer upgrades simplificados. A partir do momento que uma atualização é necessária, nada se perde e todas as configurações são mantidas.

  • Outra facilidade de um sistema WMS ideal,é a de que a área de TI pode fazer a atualização durante a operação, sem interrupções.

  • Um software de gestão logística completo também possibilita que você realize a customização, a partir da sua conveniência. Assim, só estarão no dashboard as aplicações que realmente serão utilizadas. As configurações podem ser ativadas apenas quando forem importantes para as atividades da empresa.

  • O ROI também é acelerado, pois o WMS sempre estará atualizado em relação às versões mais recentes e úteis para o seu negócio. Quando houver mudanças expressivas na companhia, as novas informações são inseridas o quanto antes, com upgrades simplificados.

  • Os KPIs também são facilmente analisados. Além dos indicadores básicos para a constatação de desempenho logístico – relacionados a tempo, orçamento, metas, time e acuracidade de estoque – você pode formatar os KPIs que mais forem úteis à sua empresa.

 

Todas as funcionalidades de um sistema WMS são disponibilizadas e realizadas com qualidade e rapidez. A utilização de um software ideal diminui o tempo de espera das equipes e aumenta a eficiência operacional. CONFIRA ENTÃO, UM RESUMO DAS SUAS CAPACIDADES:

  • Facilidade de adicionar novos fluxos de trabalho
  • Upgrade simples e descomplicado, que a própria empresa pode realizar
  • Baixa interrupção das atividades
  • Não é preciso fazer um novo treinamento da equipe a cada atualização
  • Todos os KPIs são medidos sem esforços
  • Menor custo total de propriedade e ROI mais rápido

 

Uma empresa que adota um sistema WMS inadequado ao seu negócio só tem a perder! Sejam os prejuízos financeiros por conta da dificuldade de alcançar o ROI, as dificuldades de colocar em prática os KPIs necessários para medir o desempenho do negócio e também, o trabalho que as áreas de TI e Logística terão para implantar novas funcionalidades.

O ideal é que sua empresa procure no mercado um fornecedor de sistema WMS que ofereça uma proposta totalmente contrária. No final das contas, o WMS deve se tornar um aliado das suas estratégias, não um inimigo.

 

> Deixe seu comentário

Entre em contato
+55 47 3036 7800 (SC)
+55 11 3027 4197 (SP)
+56 2 2840 5916 (CHILE)
otimis@otimis.com

Newsletter

Gostaria de receber nossas novidades no seu email?