Gerente de Projetos da Ambev apresentou Case de Sucesso no evento 8º Pit Stop

#

Aconteceu nos últimos dias 16 e 17 de março, em São Paulo, o conhecido evento 8º PIT STOP Logística e Supply Chain, a fim de discutir execuções eficazes na cadeia de abastecimento e as novas maneiras de vencer os desafios de produtividade no Brasil.  A Otimis também esteve presente com o lançamento da solução Retail Advantage, além da apresentação do case de sucesso da Ambev, maior distribuidora de bebidas da América Latina, cliente Otimis desde 2010.

 

CASE DE SUCESSO DA AMBEV

A Gerente de Projetos da Ambev, Fernanda Lia Mazzi, ministrou um Case de Sucesso em plenária, com o tema “Como a maior cervejaria da América Latina impulsionou os resultados de logística usando a tecnologia”.  De acordo com Fernanda, a Ambev percebeu que para conseguir continuar crescendo de forma sustentável, deveria gerenciar ainda mais rigorosamente os custos e deveria reduzir o que demandava mais despesas. Grande parte das empresas investe muito forte em pessoas, isso também aconteceu na Ambev, só que de uma forma diferente e bem estruturada com embasamento em tecnologia. “Desde o final de 2014, a companhia entendeu que a tecnologia seria uma das grandes alavancas para que conseguíssemos reduzir pessoas sem perder qualidade, sem impactar entregas, sem impactar em nenhum outro serviço. Foi então que começamos a dar um salto em relação a investimento em tecnologia e isto passou a ser prioridade dentro da Ambev”, explica.

 

Em 2011 a implantação da solução WMS Highjump iniciou na fábrica de Jacareí, uma empresa com operações bem complexas e que suporta todos os produtos importados. Para o sucesso do projeto e a evolução da cultura tecnológica na empresa, a Ambev trabalhou em um planejamento baseado em três pontos principais: Gente, Processos e Sistema. A sinergia desse tripé, através de treinamentos, benchmarking, estudo de melhorias e um trabalho em conjunto com a Otimis, fizeram com que a implantação do sistema de gerenciamento de armazém trouxesse grandes diferenciais na produção e resultados significativos.

 

Com o sucesso da implantação, a Ambev implementou em seguida a solução WMS na fabrica de Uberlândia e Ponta Grossa. Em 2014, “as pessoas entenderam que é só através do WMS e da tecnologia que conseguiríamos reduzir mão de obra operacional e com isso veio o desafio da ...implementação em duas grandes fábricas da companhia: de Pernambuco e a do Rio de Janeiro”, acrescenta Fernanda.  A fábricado Rio de Janeiro é a maior fábrica da Ambev do Mundo, o que exigiu uma necessidade aguçada de estratégia e condução dos treinamentos e das pessoas.

 

Ao final de 2015 encerraram as implantações nas 5 fábricas que hoje rodam o Warehouse Management System (WMS) da Highjump e com elas felizmente os resultados positivos para a companhia. Um dos objetivos alcançados em virtude da implementação do WMS foi a redução da mão obra nas operações: em 2011 a empresa reduziu 2% de pessoas, havendo evolução no ano de 2013 e 2014, sendo que em 2015 conseguiram atingir o patamar de 22% de redução de mão-de-obra. Entre outros ganhos, houve também um muito interessante no tempo de atendimento, que é o tempo em que o veículo demora para entrar na fábrica, descarregar, carregar e sair do pátio.

 

Ao final da palestra, a gerente de projetos da Ambev ressaltou a importância do investimento em sistemas robustos, ainda mais neste momento que enfrentamos grandes desafios de produtividade no Brasil. “Existe um ponto que eu gostaria de compartilhar com vocês: a tecnologia deve ser muito bem analisada, ela pode ser uma grande alavanca para redução de mão-de-obra e redução de prejuízo nas empresas”, concluiu Fernanda.

Conheça mais sobre a solução WMS que a Ambev utiliza aqui.

> Deixe seu comentário

Entre em contato
+55 47 3036 7800 (SC)
+55 11 3027 4197 (SP)
+56 2 2840 5916 (CHILE)
otimis@otimis.com

Newsletter

Gostaria de receber nossas novidades no seu email?