Saiba como lidar com os desafios do omnichannel na cadeia de suprimentos

A utilização de multicanais de atendimento já é uma forte realidade no varejo. No entanto, apesar de parecer algo simples e prático, como ocorre com o e-commerce, os desafios Omnichannel são muitos na cadeia de atendimento. Isso porque cada prática de venda depende, exclusivamente, do desejo do cliente. Por exemplo, se o consumidor quer comprar o produto online e retirar na loja mais próxima, de certa forma ele quer fazer isso para usufruir das possibilidades de compra online, tais como, não falar com vendedor ou não pegar filas na hora de pagar.

Do mesmo modo, é preciso unir essa ideia com os benefícios da loja física — de não esperar muito tempo pela entrega do produto, por exemplo — o que, em um país continental como o Brasil, tem uma grande representatividade. Embora a transição pareça ser simples, muitas empresas investem mais em processos da loja física, como o atendimento, o estoque ou até mesmo a escolha de sistema de gerenciamento de armazém. Tudo isso é importante, mas não se pode esquecer de uma solução multicanal que traga as melhores práticas desta demanda

Entretanto, o varejista que deseja ser bem-sucedido precisa ter uma estratégia omnichannel que oferece soluções completas na loja física, online, no armazém, e até mesmo na distribuição, para garantir que o cliente não só receba o produto a tempo e possa realizar a compra na forma mais vantajosa para ele, mas que também o próprio varejista possa utilizar a cadeia de abastecimento da maneira mais eficiente possível.

Enquanto a logística Omnichannel, que vai integrar todas essas necessidades, pode parecer a resposta do pedido do consumidor, ela vem com alguns obstáculos e desafios que, se a empresa não estiver preparada, podem causar grandes dores de cabeça para os varejistas e tornar os consumidores frustrados.

Confira 5 pontos importantes para uma estratégia de atendimento omnichannel bem sucedida:

#1 Traçar processos segmentados da cadeia de suprimentos

Se os processos da cadeia de suprimentos de um varejista não estão integrados, então como garantir a satisfação do cliente em toda a linha? Não há como. Os grandes varejistas, por exemplo, possuem muitos centros de distribuição, administrados por diferentes operadores internos e terceirizados, que operam em sistemas diferentes e, portanto, empregam diferentes táticas para garantir que sua cadeia de suprimentos funcione sem problemas. A solução é consolidar esses processos com um sistema único que faça gerenciamento dos interesses do consumidor multicanal.

#2 Ter visibilidade do inventário

Identificação, rastreamento e gerenciamento do inventário são as competências essenciais no varejo para a demanda omnichannel. A visibilidade da cadeia de suprimentos e a precisão dos materiais são requisitos fundamentais para operações Omnichannel e permite que o varejista saiba onde seu estoque está em todos os momentos. Novos padrões, como a Identificação por Radiofreqüência (RFID) integrada com um sistema de gerenciamento, possibilitam que os varejistas obtenham precisão do estoque em tempo real.

#3 Tornar produtos Web-Ready

Transformar os produtos Web-Ready (Prontos para a web) é um componente importante para trabalhar o omnichannel de forma bem-sucedida. No entanto, muitos varejistas ainda têm dificuldade ao passar essas informações, por falta de precisão ou padronização, principalmente de fotografias dos produtos.

Você já entrou em sites e teve dificuldade para saber detalhes de um produto? Isso certamente ocorreu por falta de investimento ao atendimento online. Tornar os produtos prontos para o universo online fornece base de identificação de produtos e melhora a experiência do consumidor.

#4 Atendimento In-store sofisticado

A solução Omnichannel oferece ao cliente todas as funcionalidades necessárias para atender ao mix de produtos adquiridos, seja na loja, no armazém ou no estoque. Uma solução especializada tem recursos para gerenciar melhor os pedidos feitos pelos clientes, tanto em loja física quanto online - permitindo melhor organização na entrega dos produtos que estão em estoque.

Assim, os custos são reduzidos e a entrega se torna muito mais rápida, já que os pontos de distribuição são movidos para perto dos consumidores, proporcionando ao cliente atendimento onde e como ele quiser.

#5 Integrar as estratégias em uma única solução

Não basta utilizar apenas os métodos de atendimento convencionais, como o uso do estoque da loja, atendimento aos pedidos pela loja, focando em um sistema específico apenas para a o estabelecimento. Um sistema de gerenciamento multicanal deve comportar todas as exigências do consumidor.
Ele não deve apenas focar na loja física, mas integrar todos os canais de forma eficiente e transformar a loja em um centro de distribuição.

Não importa o canal de vendas, a solução Omnichannel oferece ao cliente uma experiência completa no processo de compra e venda e ainda facilita a vida do lojista. Mas os desafios também são muitos e exigem das empresas capacidade de retornar compras feitas online na loja física e ainda manter um preço consistente em todos os canais.

Por isso, para uma empresa se tornar referência em omnichannel e ter toda a sua cadeia integrada, o investimento em tecnologia é essencial, e por um motivo só: fazer o gerenciamento da melhor forma e satisfazer as necessidades do consumidor. Processar informações, manter o contato com o cliente e ainda o equilíbrio entre a integração dos meios de compra dependem de um sistema de gerenciamento de armazém multicanal eficaz. É importante que as organizações atentem à esta realidade para se manterem competitivas.

> Deixe seu comentário

Entre em contato
+55 47 3036 7800 (SC)
+55 11 3027 4197 (SP)
+56 2 2840 5916 (CHILE)
otimis@otimis.com

Newsletter

Gostaria de receber nossas novidades no seu email?