Sistema WMS x Automação: uma parceria completa para o armazém

Um sistema WMS robusto faz toda a diferença na hora de otimizar as suas operações de armazenagem e melhorar os processos logísticos. Porém, você sabe como uma plataforma global como a HighJump está ajudando empresas do mundo inteiro a reinventar seus modelos de negócio, se adaptando às inovações e tecnologias inéditas propostas pelo mercado?

O armazém do futuro já está aí e a automatização de processos deixou de ser uma opção, para se tornar uma tendência. O uso de tecnologias que visam agilizar o transporte de mercadorias dentro de um armazém, reduzindo erros humanos e criando um ecossistema mais harmonioso com o resto do supply chain é algo que podemos considerar obrigatório para qualquer empreendimento que deseja se manter relevante no mundo contemporâneo.

Após adotar a solução — oferecida no Brasil em parceria com a Otimis — em um de seus centros de distribuição, uma grande rede varejista observou um aumento expressivo na produtividade geral de seus colaboradores, tal como uma mudança drástica nos processos logísticos e um nível de automação pioneiro no país. Tendo como objetivo manter um nível agressivo de crescimento planejado para os próximos anos, a companhia resolveu adotar um sistema WMS de confiança para gerir seu CD.

 

Desafios da logística moderna

São muitos os desafios que uma empresa enfrenta caso ela desconheça os benefícios de um bom sistema WMS. Podem ocorrer atrasos nas entregas de mercadorias, contingências operacionais e a criação de cultura operacional engessada que traz impactos negativos para toda a cadeia de suprimentos.

Com a automação de tarefas, algo suportado pelo HighJump, é possível otimizar o tempo útil dos colaboradores e aumentar a sua produtividade, mantendo seu crescimento de acordo com o planejado. Graças a plataforma, que é compatível com esse tipo de tecnologia, a rede foi capaz de automatizar a movimentação de volumes.

Para que o armazém receba e despache os itens corretos, ferramentas de automação podem ser integradas ao HighJump.  Desse modo, elas são capazes de suportar altos níveis de automatização de grande parte do processo logístico e com o WMS certo, oferecem uma maior visibilidade sobre tudo o que acontece dentro do armazém.O resultado é um ganho de qualidade nas operações de armazenagem.

 

Como funciona a automação de um armazém

Hoje em dia, um gestor de logística já é capaz de escolher dentre uma variedade enorme de máquinas, robôs e outros sistemas de automação disponíveis no mercado. Estamos falando de, por exemplo, esteiras inteligentes – capazes de separar itens por categoria, peso ou tamanho – e de braços robóticos que realizam a coleta e inserção de cargas em suas devidas localidades. Esse tipo de solução, além de exigir menos esforço físico, agiliza as tarefas de suas operações de armazenagem.

Também temos, é claro, tecnologias de automação voltadas à rastreabilidade, como etiquetas de identificação por radiofrequência (RFID). Isso lhe permite verificar os dados de um pacote ou encomenda à distância, através de um chip que emite, via ondas de rádio, um código de identificação único, atrelado a um lote específico. Isso sem citar as tecnologias derivadas, como a Comunicação por Proximidade (NFC).

Mas, é claro, essas soluções não devem trabalhar isoladas. Por isso, é necessário contar com uma central robusta para gerenciar todo o armazém, recolher esses dados e gerir os processos através de um painel único — e é aí que entra o papel de um sistema WMS flexível.

 

Por que automatizar?

A utilização de equipamentos e soluções de automação trazem diversos benefícios para o setor logístico. O emprego de tecnologias robotizadas agrega agilidade na separação de cargas, além de dispensar esforço físico, oferecer mais segurança e acuracidade ao gestor.

Porém, não é fácil lidar com a automação sem uma central robusta que colete dados, integre-os entre variados softwares de automação e oferte uma visibilidade global de tais operações. E é aí que entra o sistema de WMS, como uma ferramenta flexível que consegue acompanhar as demandas de um armazém ou centro de distribuição, coletando as informações necessárias e repassando-as para o responsável pelo setor.

 

Diferenciais do HighJump

O HighJump é a escolha certeira de grandes varejistas e distribuidores por conta de sua arquitetura moderna, flexível e escalável. Por ser um sistema WMS capaz de se adaptar aos processos da empresa e crescer junto com ela, ele está pronto para enfrentar os novos desafios logísticos que surgem diariamente e servir como um agregador de tecnologias de automação.

Extremamente estável, a plataforma possui upgrades facilitados, molda-se facilmente com soluções terceirizadas e possui múltiplas funcionalidades de picking (order, item, batch, voice etc.), permitindo total rastreabilidade de itens. Além disso, o tempo necessário para a implantação da solução em CD focado na distribuição do mercado varejista pode ser de apenas seis meses — um diferencial importante, se considerados outros sistemas do mercado que levam um ano ou mais para começar a rodar em empresas de grande porte.

 

Pronto para o futuro

Como já comentamos anteriormente, um sistema WMS pode ser considerado o braço direito de qualquer gestor, facilitando sua comunicação com a equipe logística, otimizando o acesso à informações em tempo real e permitindo maior acuracidade dos dados coletados. Com isso, toda a operação de armazenagem se torna mais eficaz e a taxa de erros humanos é reduzida drasticamente.

O HighJump é uma solução que está pronta para o armazém do futuro, sendo capaz de lidar com os novos conceitos logísticos e novas tecnologias que estão nascendo para automatizar os grandes centros de distribuição, incluindo métodos como RFID e paradigmas como o IoT (Internet of Things ou Internet das Coisas). Conte com a Otimis para ajudá-lo a transpor esses desafios e manter um alto nível de competitividade no mercado!

 

> Deixe seu comentário

Entre em contato
+55 47 3036 7800 (SC)
+55 11 3027 4197 (SP)
+56 2 2840 5916 (CHILE)
otimis@otimis.com

Newsletter

Gostaria de receber nossas novidades no seu email?